Quem sao os mochileiros?

Achei que seria legal contar um pouco quem sao e como pensam os mochileiros de forma geral…

Bom, primeira coisa ‘e que mochileiro nao gosta de ser confundido com  turista comum. O que ‘e um turista comum? Geralmente alguem que gosta de conforto, de praticidade, de programas previamente definidos (suportados por uma agencia de turismo), e que em suas viagens convive com turista. Ja o mochileiro gosta de viajar de forma independente, sem muitos planos e, alterando os poucos que tem. Prefere conviver com os locais e na medida do possivel compreender ao maximo como eles vivem e o que pensam.

O mochileiro quase sempre sabe aonde esta e prefere usar os transportes locais. O turista comum, muitas vezes nao sabe direito aonde esta e prefere os onibus que pulam de atracao em atracao.  Independente do dinheiro que tem para gastar na viagem, o mochileiro busca gastar o menos possivel, ja que conforto definitivamente nao ‘e a maior necessidade. Para ele o mais importante sao as experiencias vividas nos lugares visitados, do que os pontos turisticos.

Da onde eles sao? Os mochileiros na sua maioria sao Europeus (liderados por alemaes, franceses e ingleses), alem de Canadenses, Israelenses e Australianos. Na Africa, com excessao das maiores atracoes, encontramos muitos poucos mochileiros. Ja no sudeste asiatico ‘e impressionante! Tem mochileiros, assim como todos os tipos de turistas, em todos os cantos. Por ser um destino barato e super preparado para o turismo, voce consegue, se quiser, fazer novas amizades todos os dias.

Vale acrescentar que o mochileiro que foge dos pontos mais turisticos da Africa ‘e bem diferente do mochileiro que viaja pelo Sudeste Asiatico (com excessao de algumas regioes da Indonesia e Myamar). O primeiro precisa ser realmente roots, pois nao vem nada de mao beijada, ja o segundo quase nao precisa pensar, tem agencias por todos os cantos e vans com precos super acessiveis que te levam por tudo. Sem que seja preciso voce pegar dois onibus para chegar ate a rodoviaria local e na chegada, pegar mais outro transporte (a descobrir) para te deixar proximo da regiao de hoteis, que voce precisara conhecer um a um, ate encontrar aquele com o preco e o conforto esperado.

Dentre os mochileiros, voce encontra muitos jovens casais por volta dos 28-35 anos e muitos solteiros de 20 a 25 anos viajando sozinhos e se agrupando a outros durante o caminho. O estilo de se vestir ‘e bastante proporcional ao tempo de viagem! Para os que estao viajando apenas por ferias ou coisa do tipo, gostam bastante de ousar nas roupas, tentando parecer o mais descolado possivel. Ja os que vieram para viagens longas nao tem tanto essa necessidade porque encaram isso como secundario ao objetivo maior da viagem. Quando digo “os de viagem longa” me refiro a pelo menos um ano. Apesar de que, encontramos algumas pessoas que venderam tudo e nao sabem quando vao voltar para casa e que casa.

Vamos ao estilo! O estilo do mochileiro vem muito como produto da necessidade. Quando voce tem apenas uma mochila e poucas opcoes de roupa e ainda nao teve tempo de lava-las, ‘e muito normal que uma coisa voce passe a esquecer na sua vida: a combinacao e harmonia das cores! Isso simplesmente desaparece e dai, meio que sem querer, essa miscelancia de cores e tipos de roupa se transformam magicamente num conjunto muito legal. Os mochileiros de primeira viagem forcam um pouco a barra, fazendo qualquer um notar que o conjunto foi cuidadosamente pensado e nao espontaneo, como deveria ser.

Dois exemplos das necessidades da mochilagem, para mim, mais curiosos: Em Gilli Air na Indonesia, uma europeia por ter esquecido o biquini (ou sei la porque…), mergulhava de calcinha e sutian claros, na maior tranquilidade, seguida de caminhadas no fim da tarde com calcinha e regata. Em lugares frios onde o tal mochileiro nao estava preparado para a temperatura, voce encontra alguns de bermuda e meia de futebol ate o joelho, sandalia e uma camiseta de manga comprida de lycra p/ surf, daquelas coladissimas! E por ai vai… Por exemplo, minha mochilinha de mao foi comida por um pequeno rato na pousada (a pousada era limpissima, mas aconteceu), ao ver o furo, o Gui disse:“nossa, agora tua mochila t’a muito de mochileira haha”! No fim das contas, como a mochilinha ja estava pequena demais, comecei a buscar uma nova, ate que encontramos um mochileiro que estava querendo reduzir o peso de suas coisas e nos deu uma mochilinha, um guarda-chuva e uma capa de mochila. Problema resolvido! A Marlinda, uma amiga nossa de viagem, quando comecou sua jornada levou um tenis altamente velho para seu periodo de mochilagem, duas semanas depois acompanhados de trekking, o tenis se despedacou literalmente, ela disse que nao tinha se tocado de quao velho era o tenis…

Outra coisa,  ‘e que depois de tanta viagem, atraves dos turistas a gente passa a ter alguma ideia da tendencia de moda internacional e uma coisa que me chamou muito atencao foi perceber o quanto no Brasil somos conservadores e uniformizados no estilo de se vestir, nem entrando no universo corte de cabelo. Vendo os turistas, voce resgata algumas modas classicas que voce havia esquecido: para as mulheres, o resgate do cabelo preto azul (nao ‘e como no Brasil, que depois da Gisele Bundchen, a maior parte adotou o cabelo natural ou pintado com cara de natural). Bandana na cabeca; camiseta de rock com colares de caveira; camisa xadres; coletes; chapeus estilo social, boinas; oculos falsificado da ray ban colorido modelo pai, e claro, as Legitimas, que ‘e o cumulo do cool. Quanto mais velhas, com cores desgastadas, amassadas, furadas e surradas forem suas roupas, mais apropriado voce esta, mais cool voce ‘e!

Os cabelos das mochileiras tambem ‘e outro ponto. Como muitas vezes o chuveiro quente nao ‘e uma garantia, ‘e normal ve-las de cabelos presos e oleosos. Para as fazedoras de estilo, o cabelo ‘e usado super baguncado, como se tivessem dormido tres dias seguidos e rolado na cama a noite inteira ininterruptamente. O que acaba fazendo com que o estilo “cuidadosamente feito” seja detectado, ‘e que junto aos cabelos ultra baguncados existem mil camadas de rimel!

Bom, e como a maioria dos mochileiros decidiu viajar? Existem os que terminaram o colegio e resolvem viajar por um periodo antes de comecar a faculdade; assim como os que terminaram a faculdade e decidem viajar antes de entrar no mercado de trabalho. Os israelenses sao um caso a parte, existe quase que uma regra entre eles, viajar por longos periodos apos o servico militar obrigatorio. A saber, homem tres anos e mulher dois anos de servico. Ja os mais velhos, normalmente ja tiveram alguma experiencia de mochilagem na vida e ao descobrirem que ‘e possivel viajar para varios destinos gastando menos de 600 dolares/mes, ao voltar para casa planejam guardar dinheiro para um dia fazer uma viagem longa. Na maior parte das vezes essas pessoas possuem trabalhos de satisfacao exclusivamente financeira e ao se depararam com o mundo magico da mochilagem passam a guardar para viajar, voltar para seu pa’is, trabalhar mais, guardar de novo e viajar indefinidademente. Alguns, mais descolados, ja passam a trabalhar durante a viagem para continuar viajando. Outros, numa tentativa desesperada vendem coisas para estender a viagem. Ate vender a mochila…

Anúncios

19 comentários em “Quem sao os mochileiros?

  1. Bibi, que delícia de artigo, já está com cara de livro. Fiquei pensando o que vc vai pensar de nós, brasileiras, qdo retornar. Acho que vai nos considerar muito caretas, burguesas, normóticas…ai que medo de te ver de novo. Vou começar a providenciar um visual mais descolado para a sua chegada, guardar meu velho tênis como objeto de arte. Ainda bem que já sou fã antiga de um bom e velho all-star, o que deve me ajudar muito em nosso próximo encontro. Meu beijo pra vc, saudade.

    • Jo amada,

      Haha, que delicia digo eu vc aqui. Que bom que gostou! Sabe que para mim o que menos importa ‘e o visual. O que vc Jo ‘e por dentro nao tem preco e me faz querer voltar correndo para estar perto.
      Beijos saudosos
      Bibi

  2. Bibi
    Vamos ver se aprendi:
    Mochileiro sempre sabe onde esta, e o visual é tipo acordar e a porta do quarto quando aberta é lá fora: O MUNDO , O LOCAL, O PAÍS, A PRAIA, O MORRO, A MONTANHA, A RUA, A ESTRADA…
    Sendo assim a roupa realmente é diferente e superrr informal, confortável e muitooooooo gostosa de usar, cumprindo a utilidade de aquecer os refrescar ?
    Os cabelos são com cara de quem acordou e foi pro banheiro escovar os dentes?
    Amei essa vida desprendida e super livre…
    Filha…
    Perceber o que vc esta percebendo é muito bom, é gostoso ver por meio dos seus olhos essa vida de mochileiro e saber quem são, começando por saber quem vcs dois são hoje para mim: respeitáveis, admiráveis e saudáveis mochileiros!

  3. Oi Bianca querida, como sempre muito esclarecedora dos fatos quando escreve.
    Acho que não saberia ser mochileira…kkk gosto do babado turista.
    Escreva mais, saudades.

    bjs

    • Queridissima!!!

      Obrigada, gosto de mostrar bem como ‘e. Olha, nao pense que eu gosto tb do desconforto da vida mochileira, nao gosto nada, mas do resto, ‘e mto bom!!!
      Mas quero ter umas viagens de turista tb daqui p/ frente. Vc viu os posts anteriores, coloquei fotos,nao foi so esse do ser mochileira.
      Escrevo mais com certeza, continue aqu.
      bjao

  4. Hey Bibi, e como chama os que gostam dos dois: mochilistas? Tipo aqueles que passam 1 mes como mochileiro, ai chegam num lugar bacana e so querem conforto (massagem nos pes, jantar em restaurante, internet e hotel de no minimo 3 estrelas). Quando crescer vou querer ser um mochilista, ehehehehe!

    Muito bacana as suas observações!

    • Primo vc ‘e otimo!! Acabou de dar o nome para o meu tipo tb, compartilho, sou uma mochilista!!! Mas o nosso amigo Gui ‘e um mochileiro!!! Entao, os momentos mochilistas acabam sendo menores. Ontem esperando um onibus noturno numa cidade grande que chegamos ao meio dia, passamos as horas num super shopping center, eu tava maravilhada por estar perto do AC de novo e da limpeza. Ele adorou, mas duas horas depois ja olhou p/ mim e falou: vamos dar uma passeadinha la fora? eu disse : NAAAAAAAAAAAAAAO hahaha!!!
      bjao

    • Poxa minha maravilhosa Ju, eu que achei que vc tinha me esquecido. Que bom que nao!!! Ah Ju voltou Aeeeeeeeee!!!

      Saudades tb, muita! Aproveita p/ voltar com tudo que agora estamos na India e aqui a coisa produz bons posts.

      Bjs

  5. Oi Bibi.
    Muito bom o ensaio sobre mochileiro x turista.Merece umas fotos ilustrativas dos dois tipos…Beijos.
    Cláu e Monica

    • Oi Clau e Monica!

      Finalmente um comentario no blog da norinha!!! Hehe!!!
      Estou com muita saudades de vcs. Tambem acho que faltou a foto dos dois, vamos tentar providenciar.

      Bjos
      Bibi

  6. Cara adorei este post!
    Eu até te imagino vendo as pessoas ai e comparando com a vida aqui! O qto tanta coisa que aqui nos passa despercebidos vai te parecer fútil e o qto mtas vezes somos incapazes de ver que nao somos o centro do mundo, de que só pq a outra cultura nos é estranha aos primeiros olhos nao quer dizer que a nossa seja melhor! Apenas são modos diferentes de ser por conta dos diferentes valores que elas carregam.
    Saudades!!!!!!

    bjosssssssss

    • Oi Caro!!

      ‘E verdade!!! Isso me pareceria desnecessario ou futil qdo eu voltasse p/ casa. Me lembro que sempre passava minhas roupas antes de sair… agora passo dias com a mesma.
      O nosso pais aqui na India, sem futebol, por exemplo, ficou perdido. Como eles nao vinculam com futebol, pois nao sao fanaticos aqui, sempre quando falamos Brasil, o que vem em seguida, ‘e um silencio… foda ne!!

      Saudades tb.
      Bjos

  7. E a ai IDDIIII…

    a perspectiva dos mochileiros sempre da uma aula na dos turistas…
    mas a questao é o seguinte!!a mochila que vc comentou que um RATO fez um buraco…diz pra mim q nao é a minha né maninha????diz que sim..???

    vc prometeu cuida dela neéé IDDDIIIIII

    beijos na almaaa
    manda abraco pro cunhaaa

    • E dai manao!!

      O pior ‘e que foi na tua mochilinha. Mas como tu queria que eu imaginasse que um rato atacaria ela a noite? O pior que foi um furinho de uma moeda de 10 centavos, coisa leve, mandei ela pelo correio para o Brasil junto com umas coisas que compramos, entao ela esta salva, so com esse dano hahahaha.

      beijao manao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s